sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Em Taboão, Jd Clementino é o campeão!

Masters Jd Clementino conquista título inédito

O 14º Campeonato Masters 45 de Taboão da Serra teve seus desfecho no domingo, 19, na arena Guaciara. Jd Clementino versus Paulistano, em uma decisão inédita, promoveram um jogaço cheio de emoções e gols.

Nem 5 minutos, quando a bola cruzada da direita alcançou o cabeceio do zagueiro Damião. Fatal: 1 a 0 Paulistano.

Batendo cabeça a zaga do Clementino, agora um cruzamento da esquerda encontrou o centroavante Alexandre, que só teve o trabalho de completar pra rede: Paulistano 2 a 0.

Veio a 2ª etapa, e o Clementino voltou modificado. Melhorou a posse de bola, mas o Paulistano jogando fechado dificultava as investidas. E na base do contra-ataque criou oportunidades de matar o jogo.

Os ponteiros do relógio já marcavam 38 minutos, e eis que o camisa 7 Lúcio, feito um corcel negro, furou o cerco da zaga e da entrada da área bateu cruzado, rasteiro, tirando do goleiro Marco Aurelio a chance de defesa.

Bola na rede. O Clementino renasceu: 2 a 1.

A reação contagiou a torcida presente. E aos 43 minutos, Lúcio, ele mesmo, em jogada individual, fez o lançamento primoroso ao meia Nelsinho Budinha,  que, invadindo a área pequena, se livrou da marcação pra bater de pé esquerdo e chacoalhar a malha: 2 a 2.

Encerrada a peleja, a decisão foi aos pênaltis.

Focado nos disparos, e graças a uma grande defesa do goleiro Cocada, o Masters Jd Clementino venceu a disputa por 5 a 3, conquistando o título de campeão invicto da categoria nesta temporada 2014, tendo em sua campanha 3 vitórias e 5 empates, com 9 gols pró e 6 contrários.

Organizado pela Secretaria Municipal de Esportes, através do secretário Fábio Fernandes, e dos coordenadores Gallo e Jorge Cipó, no confronto pelo 3° lugar, o Internacional SS bateu o Unidos Trianon por 4 a 2. 

Elenco Campeão do Masters Jd Clementino: 

Cocada, Nilton, Emilio, Rogerio, Altino, Josemar, Lúcio, Carlos Roberto, Jairo, Nelsinho Budinha, Nelson Galo, Cosme, Elcio, Luiz Carlos, Rael, Jefferson, Francisco, Elson, Tadeu, Sidinez, Edson e Gersio.

Comissão Técnica: Aparecido, Marco Aurelio, Eduardo e Geraldo.

A equipe do Paulistano valorizou a decisão. 

Taboão da Serra, a capital nacional do futebol varzeano. Prestigie!

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Clementino é o campeão Masters 45, de Taboão da Serra

OS GOLS

Surpreendido até eu fiquei. Nem cinco minutos.

Ainda saía de campo para me posicionar na arquibancada, quando a bola cruzada da direita alcançou o cabeceio do zagueiro Damião.

Fatal. 1 a 0 Paulistano.

Batendo cabeça a zaga do Clementino, agora um cruzamento da esquerda alcançou o centroavante Alexandre, que só teve o trabalho de completar pra rede: 2 a 0.

Comemoração de um lado. Insatisfação de outro.

A torcida do Clementino ficou murcha. 

Mas com a cara no alambrado manteve a fé.

E quando a desesperança ia forte batendo.

Por volta dos 38 minutos da 2ª etapa, o meia atacante Lucio ganha na corrida, e a história começava a ser mudada.

Tirando do goleiro Marco Aurélio, Lucio pôs de volta o Clementino no combate: 2 a 1.

Por ele iniciada a reação, coube ao Lúcio o passe magistral aos 43 minutos...

Servido com açúcar e afeto, Nelsinho se livrou do zagueiro e do goleiro...

Para então armar o de pé esquerdo...

E bater para o fundo do gol.

O Masters Clementino, que parecia entregue, renasceu: 2 a 2.

Maior injeção de ânimo.

Desolados, Marco Aurélio e Xôxo.

O empate levou a decisão do 14º Campeonato Municipal Masters 45 às penalidades máximas.

E o futebol mostrou sua velha faceta,

Jogo só tá ganho quando termina.

Clementino é o campeão Masters 45, de Taboão da Serra

A decisão nos pênaltis

Em foco a partida final do 14º Campeonato Municipal Masters 45 entre Jd Clementino versus Paulistano, na arena CC Guaciara, domingo, 19 de outubro.

O empate de 2 a 2 no tempo normal levou a decisão do título aos penais.

Nelsinho, autor do gol de empate, assumiu a responsabilidade e abriu a série de 5 cobranças cada.

Bola no canto, 1 a 0 Clementino.

Na sequência, Zé Carlos, do Paulistano, guardou o seu. Tudo igual: 1 a 1.
 
Lúcio foi pra cobrança tendo a catimba do goleiro Marco Aurélio...

que pegou o chute. 

Mas o árbitro Zé Lúcio invalidou o lance alegando que o arqueiro se adiantou...

No repeteco, Lúcio mandou à rede: 2 a 1 Clementino.

Alexandre, do Paulistano, foi pra batida e o goleiro Cocada triunfou.

Vibração da torcida do Clementino. Cocada ovacionado.

Galo na fita, cantando alto: 3 a 1 Clementino.
 
Sergio Alves cumpriu a obrigação: 3 a 2. 
 
Carlos Roberto bateu com vontade: 4 a 2 Clementino.

Damião, do Paulistano, diminuiu: 4 a 3.

Euforia da galera. O último penal prestes a ser cobrado.

Ajeitada com carinho. Veron tem a incumbência.

Hora de definir, e a frieza. O moço nem tomou distância. Olhou do lado e mandou bala.

Assustou geral. O goleiro Marco Aurélio foi pro bote e...

não conseguiu evitar a bola se aconchegando no cantinho: 5 a 3.

 Estiloso, o Veron, que se chama Elson Silva...

Começou a comemoração do título...

Interpretando com entusiasmo...

 A dança do cabide.

No embalo da alegria, a torcedora símbolo do Clementino, Nega Pina, caiu na farra.

Curtição geral. O Masters Jd Clementino, campeão da Copa Verão, é agora campeão de Taboão da Serra!

Muito mais foto aqui no Futbolando. Aguardem a crônica da partida.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Clementino é Campeão Masters 45, em Taboão!

PREMIAÇÃO

Domingo, 19 de outubro, e a arena Guaciara lotou para assistir a decisão do 14º Campeonato Municipal Masters 45, de Taboão da Serra.

E que jogão. O Paulistano abriu 2 a 0, mas, no final da peleja, sob um calor desnaturado, brilhou o sol de Lúcio, que além de marcar o gol da reação, serviu o companheiro Nelsinho pra fazer o 2 a 2 do empate.

As emoções seguiram aos penais e com uma defesa do incrível goleiro Cocada, o Masters Jd Clementino faturou a comenda por 5 a 4.

São muitas as fotos. Publico as da premiação e logo dou sequência ao registro elaborado.

Abrindo as premiações, Jorge Cipó, Lucio e Bete Santos.

Raimundo Ferrinho e a amiga Betona.

Marco Sapão entregou o troféu de goleiro menos vazado ao goleiro Cocada, do Masters Jd Clementino, sofreu 6 gols.

Euforia do vitorioso torcedor.

O repórter Marco Pezão homenageia o artilheiro Evaldo, do Unidos Trianon, com 7 gols.

A comissão técnica do Masters Clementino eleita a melhor da temporada.

A Itaipava entregou engradados aos 3 primeiros colocados.

Zé Carlos e Zezé, do Internacional SS, que bateu o U Trianon por 4 a 2 e ficou com o terceiro lugar.

O capitão do vice-campeão Paulistano veio de Diadema disputar a competição taboanense e elogiou a organização da nossa várzea.

Ele recebe das mãos de Jorge Cipó a copa prateada.

Foi uma bonita festa onde a alegria e amizade reinaram.

E também teve lágrima no discurso emocionado do treineiro Salim.

Lucio, o mais aclamado, e a torcedora Nega Pina, símbolo do Jd Clementino.

Momento em que o troféu de campeão chega às mãos do zagueiro Rogerio.

 Para então o coro entoar o grito: Clementino É Campeão!